Tráfego Conversão e Métricas na Web

Curso Lucro Web
Sobre os Internautas Brasileiros e suas Redes Sociais Mais Procuradas, aprendendo sobre Gestão, Monitoramento e Mensuração.
<< Anterior | Os Internautas Brasileiros | As Redes Sociais Mais procuradas | Monitoramento das Redes Sociais | Mensuração das Redes Sociais | Gestão de Marcas Virtuais | Próximo >>
Gestão de Marcas Virtuais

As marcas ontem, hoje e amanhã

Podemos dizer que a história das marcas, data de muitos anos.

Ela tem início na Antiguidade, quando selos, siglas e símbolos eram usados como sinais de identificação para assinalar animais, armas e utensílios.

Os artesãos, durante o Egito Antigo, desenhavam marcas pessoais nos artigos produzidos por eles para poderem identificar seus produtos.

Pinturas nas fachadas dos estabelecimentos já eram utilizadas por comerciantes em Roma, que tinham como objetivo indicar aos compradores o tipo de produto que vendiam.

Nos dias atuais, diante de uma grande e significativa participação do Brasil nas atuais estatísticas relacionadas à internet e às redes sociais virtuais, podemos notar a importância que ambas adquiriram no dia a dia das pessoas, inclusive em relação à divulgação das marcas.

Com toda esta vivência e participação no ambiente virtual, os usuários passaram a vivenciar novas formas de interação, de expressão e também de opinião, inclusive sobre as marcas. Podemos dizer que as marcas são, hoje, uma realidade comercial, social, cultural e política.

De acordo com a Associação Americana de Marketing (AMA), a definição do termo marca seria: “um nome distinto e/ou símbolo, destinado a identificar os bens ou serviços de um vendedor ou grupo de vendedores, no sentido de diferenciar esses bens ou serviços da concorrência”.

Partindo desta definição, podemos analisar o valor das marcas a partir de suas representações, seja através dos nomes, termos, símbolos ou design’s que acompanham os produtos e que ajudam os clientes e/ou consumidores a reconhecê-las. As marcas têm a finalidade de acrescentar valor ao produto básico, elas assumem um papel determinante no comportamento de compra.

De acordo com o autor Jean-Nöel Kapferer, a marca não é apenas fonte de informação. Ela realiza funções típicas, justificando sua necessidade, atratividade e contrapartida monetária. Segundo o autor, os atributos da marca são divididos em função e benefício, vejamos:

  • Referência: ver claramente, situar-se em relação à produção setorial, identificar claramente os produtos procurados;
  • Praticidade: economizar tempo e energia na recompra de produto pela fidelidade;
  • Garantia: segurança de encontrar qualidade estável em todos os lugares e a todo instante;
  • Otimização: segurança de comprar o melhor produto de sua categoria, com o melhor desempenho para um uso específico;
  • Personalização: sentir-se reconfortado com sua autoimagem ou com a imagem que é passada aos outros;
  • Permanência: satisfação nascida da familiaridade e da intimidade das ligações com uma marca que foi consumida por anos e ainda dura;
  • Hedonista: satisfação ligada à estética da marca, seu design e suas comunicações;
  • Ética: satisfação ligada ao comportamento responsável da marca nas suas relações com a sociedade.
1
Aula atual: 75 - Gestão de Marcas Virtuais

Contrate um Profissional Consultor de Marketing Digital ou
Treine a sua Equipe de Vendas com as Técnicas utilizadas por Agências do Marketing Digital


Curso Lucro Web

Estratégias do Marketing Digital

Aumente os Lucros de seu Negócio Online!
8 Níveis - 45 Módulos - 449 Aulas - O Mais Completo Curso por um preço simbólico!