O que é Inbound Marketing

Curso Lucro Web
Quais são os fatores básicos que o Líder de Planejamento Digital deve saber para manter o verdadeiro foco de sua empresa dentro das novas tendências digitais e os 6 tipos de empresas que trabalham com Redes Sociais.
<< Anterior | 6 Tipos de Empresas em Mídias Sociais | Novas Tendências Digitais | O verdadeiro Foco de uma Empresa | Alguns Fatores Básicos | Funções do Líder de Planejamento Digital | Próximo >>
Funções do Líder de Planejamento Digital

Em relação a este tipo de formato utilizado, o líder responsável por planejamento de projetos digitais e mídia da agência A2C e consultor de Web Analytics com ênfase na ferramenta Google Analytics, Tiago Fachini, dá algumas dicas de estratégias bem definidas para aproveitar da melhor maneira a verba empregada nos links patrocinados. São elas:

1. Faça um bom briefing antes de iniciar sua campanha:

  • Através da realização de um bom briefing, pode-se descobrir detalhes importantes e que terão impactos diretos nos resultados da campanha;
  • O cliente é a peça fundamental para uma boa campanha, pois ele normalmente tem grande conhecimento sobre as características do produto/serviço. Diante disso, o profissional precisa obter o maior número de informações deste cliente para que sua campanha obtenha sucesso.

2. Defina metas e/ou objetivos:

Através da definição de metas e/ou objetivos pode-se obter um melhor acompanhamento dos resultados da campanha e, consequentemente, realiza melhorias, correções e otimizações.

3. Reavalie constantemente suas metas e objetivos:

  • Lembre-se que definir metas pode parecer tarefa bastante fácil, porém atingi-las e melhorá-las é um grande e constante desafio;
  • O potencial de crescimento e a necessidade de adequação da empresa/produto precisam ser revistos e avaliados constantemente.

4. Avalie a concorrência:

  • Deve-se explorar os pontos fracos do concorrente, buscando se igualar a ele nos pontos fortes ou mesmo superá-lo. Isto, com certeza, fará a diferença nos resultados da campanha.

5. Definir e manter sempre o foco:

  • Não se deixe levar pela desatenção para que não perca o foco do trabalho;
  • As palavras-chave são o foco das campanhas de links patrocinados. Para que estas campanhas tragam resultados efetivos é bom evitar trabalhar com palavras-chave muito amplas ou que tragam um público desqualificado para o site. A exclusão de algumas palavras-chave podem complementar o processo de exibição coerente dos anúncios.

6. Segmente sempre:

  • Deve-se lembrar que as campanhas visam atender necessidades específicas de determinado público, sendo que não se deve sair pulverizando de informação as ideias iniciais;
  • Os iniciantes precisam, primeiramente, dividir a campanha em grupos de anúncios e palavras-chave, pois ao segmentar em pequenos grupos evita-se que o público alvo receba mensagens não adequadas;
  • Deve-se realizar anúncios de cada grupo de palavras-chave de forma direta, objetiva e que vise informar exatamente o que o usuário encontrará ou deseja encontrar. Utilize no texto dos anúncios as palavras-chave do grupo.

7. Faça testes de anúncios:

  • Tente criar vários anúncios para cada grupo de palavras-chave que visem atingir os diversos padrões de comportamento dos usuários;
  • Existe o sistema do AdWords que faz a exibição de todos eles e após 1 ou 2 dias de testes pode-se ver quais anúncios tem o melhor desempenho dentro da campanha.

8. Faça testes de “landing pages”:

  • Esta é uma página de destino, às vezes, conhecida como uma "página de captura de chumbo" ou um "lander", que é uma única página da web que aparece em resposta ao clicar em um motor de busca otimizado, a um resultado de pesquisa ou um anúncio online;
  • Lembre-se que o usuário quando clica no anúncio pretende encontrar no site aquilo que estava prometido no mesmo, ou seja, dê ao usuário o que ele quer. Desenhe páginas específicas para receber o público que virá de links patrocinados.

9. Integre a campanha com o Google Analytics:

  • A integração com o Google Analytics faz com que o profissional tenha a certeza da efetividade de sua campanha. Pode ser utilizada também alguma outra ferramenta de web analytics;
  • Porém sabe-se que o Google Analytics é uma ferramenta oferecida gratuitamente e sua instalação é considerada fácil. Com esta ferramenta, o profissional terá mais segurança na análise do comportamento dos usuários do seu site, principalmente aqueles que vieram por meio dos links patrocinados.

10. Avalie os resultados constantemente:

Para obter sucesso é importante que sejam realizadas, constantemente, a avaliação dos resultados. Busque avaliar diariamente a campanha, avaliando não apenas as metas, mas o desempenho de cada campanha, de cada grupo de anúncios, de cada anúncio e de cada palavra-chave;

O click-trough ou CTR é um ótimo indicador para tal avaliação. Obviamente, é você quem define como avaliar cada um destes itens, mas esta é uma decisão que apenas você pode tomar.

 

Leitura Complementar
Busca orgânica versus links patrocinados
30 de novembro de 2010

A busca orgânica é o espaço onde os usuários realizam pesquisas nos sistemas de busca. A busca orgânica, ou resultados naturais, fornece a maior concentração de cliques, como se pode aferir através da figura abaixo:

Marketing-Digital-005.png

Nota-se que os links patrocinados representam muito pouco em relação à
busca orgânica. Os primeiros seis resultados de busca orgânica somam quase 60% dos cliques em relação ao restante da página, tornando-se, assim, a situação preferida por quem quer que tenha um site.

Nota-se também que os links patrocinados na coluna lateral direita, não passam de alguns poucos cliques, onde o primeiro recebe apenas 2% de todos os cliques na página. Somente o primeiro link dos links patrocinados no topo da página, ou seja, acima da busca orgânica, é que recebe uma quantidade razoável de cliques.

Os outros links dos links patrocinados são praticamente invisíveis para o usuário comum.

Mais do que trabalhar o produto, a busca orgânica trabalha a marca da empresa e este é um fator fundamental para não somente a continuidade de uma empresa, mas também a continuidade de fazer negócios, uma vez que a tendência de todos os negócios é se tornar digital. Daí se pode ter uma noção exata da importância desse fator.

Trabalhando a imagem institucional do site, uma vez que o Google indica aqueles sites que estão na primeira página de busca, como se representassem os líderes da categoria, diferentemente dos links patrocinados, que trabalham especificamente o oferecimento de algum produto ou serviço de forma direta, a busca em links naturais pode alavancar negócios e promover a empresa de forma global, onde se deixa de ser um negócio local, abrangendo uma área de atuação muito maior, ou seja, toda a comunidade digital.

Independentemente de se trabalhar a imagem institucional, os links patrocinados se ajustam perfeitamente à estratégia de vendas de lojas virtuais, onde estas podem ter um lugar assegurado, trazendo bons resultados.

Um estudo realizado pela Engine Ready baseou-se em uma análise de 20,8 milhões de visitas e 108 milhões de page views para 26 lojas virtuais, em um período de 12 meses. Com base no tráfego, os visitantes que clicam em um link patrocinado têm 50% mais chances de comprar do que aqueles que vêm a partir de links orgânicos do Google. Ainda, de acordo com o estudo, a taxa de conversão de links patrocinados é de 2,03% contra 1,26% da busca orgânica.

Para lojas virtuais, sem dúvidas é uma forma de vender produtos, mas tudo isso tem um custo, contra a busca orgânica que é gratuita.

Fora esse fato tem outro interessante: 65% das pessoas NUNCA CLICAM EM LINKS PATROCINADOS, preferindo a busca orgânica.

A estratégia de se usar um ou outro vai depender dos objetivos de marketing digital da empresa, mas a importância da busca orgânica para a marca é fundamental.

Importante também é o trabalho de SEO, pois é ele que produz resultados nos sistemas de busca, principalmente trabalhando o site para ocupar um bom posicionamento na primeira página e, entre as primeiras posições para diversos termos de busca. Esse é o contexto fundamental do SEO.

Fonte: http://www.publicidadedigital.com/index.php/busca-organica-vs-links-patrocinados/

1
Aula atual: 60 - Funções do Líder de Planejamento Digital

Contrate um Profissional Consultor de Marketing Digital ou
Treine a sua Equipe de Vendas com as Técnicas utilizadas por Agências do Marketing Digital


Curso Lucro Web

Estratégias do Marketing Digital

Aumente os Lucros de seu Negócio Online!
8 Níveis - 45 Módulos - 449 Aulas - O Mais Completo Curso por um preço simbólico!